Logística - introdução

  • Data:

    2020-11-09 a 2020-12-02

  • Horário

    19h/19h30 às 22h30/23h | 2f e 4f | Online

  • Duração

    25h

  • Partilhar:

Definir a logística e os conceitos básicos.
Enumerar os diferentes tipos de processos logísticos, o seu planeamento e as novas tecnologias associadas.
Referir as boas práticas existentes na logística.
Descrever as funções do técnico de logística.

Ativos empregados (habilitações iguais ou superiores ao 9º ano) Ativos desempregados não DLD - desempregados há menos de um ano (habilitações iguais ou superiores ao 12º ano)

Conceitos básicos de logística
Planeamento, implementação e controlo do fluxo e armazenamento de bens, serviços e informação
Âmbito de atuação desde o local de produção até ao local de consumo
Níveis de serviço
Inovação e componente tecnológica da atividade logística
Standards de produção e de embalagem
Técnicas e métodos de gestão de armazém
Relações da empresa com o mercado
Tipos de processos logísticos e seu planeamento
Receção
Aprovisionamento
Reaprovisionamento
Preparação de encomendas: PBS – Picking by Store ou Preparação com Stock; PBL – Picking by Line ou preparação sem stock, Preparação por lote, entre outros.
Carga e expedição
Logística Inversa
Outros
Principais tecnologias de apoio à unidade
EDI - Electronic Data Interchange
CRP - Continuous Replenishment Program
VMI - Vendor Management Inventory
ECR - Efficient Consumer Response
CPFR - Collaborative Planning Forecasting and Replenishment
Boas práticas na logística
Planeamento
Parcerias
Sistemas de aprovisionamento
Gestão ambiental
Distribuição centralizada
Entre outros
Funções do técnico de logística
Serviço ao cliente (customer service)
- Objetivos
- Elementos do customer service
Planeamento de fluxos e previsão da procura e tendências de evolução do mercado
- O sistema de informação logístico
- A previsão e a análise de tendências
Gestão de inventário
- Gestão de encomendas e de stocks
- de matérias e controlo das atividades de receção, manuseamento e expedição de matérias
- Análise da quebra
Interface de comunicação entre os vários intervenientes da cadeia de abastecimento
- Estreita colaboração entre as diferentes funções da empresa
- Interface com o exterior - fornecedores e clientes
- Elemento coordenador de esforços tendentes à maximização da eficiência do sistema
Gestão de equipas
- Planeamento das necessidades de mão-de-obra
- Recrutamento, acompanhamento, formação, coordenação e controlo e avaliação do desempenho
- Formação, motivação de desenvolvimento profissional dos membros da equipa
Gestão da operação
- Elaboração do plano de produção das áreas (mensal) no sentido de garantir o cumprimento do planeamento e níveis de serviço
- Supervisão dos fluxos de operação da unidade
- Coordenação e controlo da execução de procedimentos de melhoria contínua

Comércio

O 1º dia de formação será em regime presencial, para podermos esclarecer o acesso á plataforma de formação online, que será utilizada no decorrer da formação. Procedimentos para a inscrição: Proceder à inscrição diretamente na NERLEI ou via internet em www.nerleiwebinar.pt. NOTA: A NERLEI reserva-se no direito de anular, adiar ou alterar a ação de formação por motivos imprevistos. Os candidatos que se inscreverem numa ação de formação da NERLEI, serão sujeitos a um processo de seleção, nomeadamente em caso de excesso de inscrições, com os seguintes critérios: - Ativos empregados: ser colaborador/a de uma empresa associada da NERLEI - Entregar toda a documentação no ato da inscrição da formação - As inscrições serão selecionadas por ordem de inscrição Mais informamos que dispomos de 5 vagas em cada ação de formação para desempregados NDLD com habilitação igual ou superior ao 12º ano. Para a frequência desta formação, os candidatos deverão: - Ter idade igual ou superior a 18 anos. - Entregar no ato da inscrição o certificado de habilitações português, declaração da entidade empregadora (com horário de trabalho), declaração do IEFP (no caso de situação de desemprego) e comprovativo de titularidade do IBAN. - Os candidatos estrangeiros terão de apresentar no ato de inscrição cópia da sua autorização de residência e NISS. A inscrição nesta ação gera automaticamente uma inscrição no Centro Qualifica da NERLEI.

Inscrição