pt | en



Serviços


Projeto disponibiliza um serviço que pretende facilitar a vida aos viajantes
LUGGit vence Programa de empreendedorismo da NERLEI

A ideia de negócio LUGGit foi a vencedora do Programa Intensivo em Empreendedorismo (PIE), do projeto Empreender Leiria. O anúncio foi feito na sexta-feira, dia 22 de março, na Gala de Encerramento do Empreender Leiria, projeto que a NERLEI - Associação Empresarial da Região de Leiria dinamizou nos últimos dois anos e meio. Veja o pitch do projeto vencedor https://youtu.be/JTxXMprsWdY

Hugo Fonseca, Ricardo Figueiredo, Diogo Correia, e João Pedrosa constituem a equipa promotora do projeto que disponibiliza um serviço que pretende facilitar a vida aos viajantes. Através de uma aplicação móvel qualquer pessoa pode pedir um condutor em tempo real para que a sua bagagem seja recolhida e entregue onde e quando pretender.

Na cerimónia foram ainda distinguidos:

  • Os outros quatro projetos que chegaram à fase final do PIE: Ricardo Roque, do projeto GO FARADAY  https://youtu.be/DZIu9PqmUa4; Rui Pedro Lopes, projeto FORGING https://youtu.be/sw4OL4BihJI; Gonçalo Silva, projeto SOLUÇÕES https://youtu.be/r9asKCjFD_s; e Geraldo Oliveira e Marcos Silveira, do projeto MOVE INTERCÂMBIO https://youtu.be/GeRzWWbvRno.
  • E os vencedores dos 3 concursos de ideias de negócio, promovidas em 2017: 1º concurso - Mateus Victorelli com o projeto TOY MOBY; 2º concurso - Cristóvão Oliveira com o projeto DINAMIC FLOW; 3º concurso - César Henrique com o projeto ECOXPERIENCE.

Durante a Gala de Encerramento do projeto Empreender Leiria foram apresentados: os resultados globais do projeto, que recebeu um total de 80 ideias de negócio; o Manual de Boas Práticas e das Ferramentas de Apoio ao Empreendedorismo; o Book do Empreendedor, onde estão compiladas as 10 melhores ideias de negócio que participaram no Programa Intensivo de Empreendedorismo, uma das ações do Empreender Leiria, e também 10 exemplos de empreendedores de sucesso na região.

A sessão contou ainda com intervenções de Paulo Sousa Marques, CEO do Shark Tank Portugal, de Nuno Fonseca, fundador da start-up Sound Particles; e de Isabel Damasceno, da CCDR Centro.

Paulo Sousa Marques referiu que "o primeiro motivo para desistir de uma ideia empreendedora é a falta de dinheiro" ressalvando, contudo que "o dinheiro é a última coisa que o empreendedor deve procurar", até porque considera "nunca houve tanto dinheiro para empreendedorismo". Considerando que no final o que conta de verdade são as características do empreendedor, Paulo Sousa Marques, destacou a "resiliência" e o "saber ouvir" como capacidades essenciais ao sucesso.

Nuno Fonseca deixou aos presentes o exemplo de sucesso da sua ideia inovadora - um software baseado num sistema de partículas para o som, que está a ser usado internacionalmente, pelas grandes produtoras de cinema, para realização dos efeitos sonoros de diversos filmes mundialmente famosos.

Isabel Damasceno, da CCDR Centro, entidade que financiou o projeto Empreender Leiria, encerrou o evento destacando-o como uma "verdadeira sessão de apresentação de resultados" de onde é notório que "saíram bons projetos" tornando assim o Empreender Leiria, dinamizado pela NERLEI, num "projeto diferenciador" na região Centro.

 

 




ImprimirEnviar por Email

 2019.03.26