pt | en



Serviços


Melhor Turismo 2020

 

 

Melhor Turismo 2020

Formação- ação

Projeto n.º POCI-03-3560-FSE-000804

Concurso: POCI-12/SI/2019

Sistema de Incentivos: "Qualificação das PME - Projetos Conjuntos"

Programa Operacional: POCI - Programa Operacional para a Competitividade e Internacionalização

Eixo Prioritário: Promoção da Sustentabilidade e da Qualidade do Emprego

Objetivo Temático: Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral

Prioridade de Investimento: Adaptação dos trabalhadores e das empresas e dos empresários à mudança;

Tipologia da Operação: Formação- Ação para PME - 2 º Ciclo

Organismo Intermédio: C.T.P. - Confederação do Turismo Português

 

Financiamento Aprovado: 174.000,00 euros

Financiamento Público: 156.600,00 euros

Contribuição Privada: 17.400,00 euros

 

Localização geográfica: O presente projeto poderá ser desenvolvido em todas as regiões do Norte e Centro continente.

Descrição do projeto:

O presente projeto conjunto, tem como objetivo intensificar a formação dos empresários e gestores para a reorganização, a inovação e a mudança, bem como a qualificação dos seus recursos humanos em domínios relevantes.

 

O apoio a conceder tem a contribuição do FSE limitada a 90%, pretende apoiar:

  • 20 empresas, no Ciclo do Planeamento
  • 12 empresas no Ciclo Temático

 

No Ciclo do Planeamento serão desenvolvidas as seguintes 2 temáticas:


1. Economia Digital:

Esta temática visa a aquisição de competências básicas digitais nomeadamente uma estratégia de marketing digital em especial nas vertentes da comunicação e comercialização em ambiente digital. Entre outras soluções é marcante a crescente relevância dos recursos de base tecnológica, nomeadamente, a Internet como canal de comunicação, informação e comercialização, assim como as redes sociais.

Público Alvo: PME, preferencialmente com mais de 5 trabalhadores, ou com um menor número de trabalhadores.

Duração:

 

2. Gestão de empresas turísticas:

Esta temática tem como objetivo a aplicação dos conhecimentos no âmbito do turismo às PME do setor, bem como a aquisição de conhecimentos para a resolução de problemas práticos com base nos conceitos e práticas correspondentes ao que atualmente se considera a gestão moderna e a sua aplicabilidade prática à atividade turística.

Em termos gerais no fim desta temática pretende-se que as PME saibam utilizar as principais ferramentas de gestão tendo em conta as especificidades da atividade turística  e  a complexidade das suas empresas no âmbito da: adaptação ao novo contexto empresarial; aplicação do conceito valor-cliente ao seu negócio; marketing e gestão da qualidade: na orientação para o cliente/turista; fidelização, criação e  gestão  de  clube  de  clientes;  gestão das marcas e do posicionamento de mercado; importância do yield management na gestão; Evolução do marketing eletrónico e dos desafios futuros; negócio eletrónico e dos seus modelos; execução de práticas de gestão nomeadamente na  preparação  e  elaboração  de  planos de atividades.

Público Alvo: PME, preferencialmente com mais de 5 trabalhadores, ou com um menor número de trabalhadores.

Duração:

* Formação em sala interempresa e/ou Workshop

 

No Ciclo Temático será desenvolvida apenas uma ação:


  • Implementação de sistemas de gestão

Com esta temática pretende-se munir as PME do setor de ferramentas que lhes permita obter uma posição diferenciadora perante a concorrência de mercado, melhorando a qualidade dos produtos e serviços.

Pretende-se o apoio direto à implementação de sistemas de gestão, nos domínios da qualidade, do ambiente, da segurança, higiene e saúde no trabalho, entre outros.

Público-alvo: PME com mais de 10 trabalhadores disponibilizando um mínimo de 6 para a formação

Duração:

* Formação em sala intraempresas

 

 

O programa Melhor Turismo 2020 visa, em suma, através da sua intervenção nas PME do turismo, modernizar os modelos de negócio, a organização e as práticas de gestão; diversificar a oferta e contribuir para a afirmação de Portugal como destino turístico de referência; referenciar Portugal como destino reconhecido pela qualidade e excelência dos seus serviços turísticos.

O modelo de intervenção previsto privilegia, globalmente, a inovação face aos modelos tradicionais de formação no domínio da qualificação e requalificação de ativos. Assim, o modelo de formação-ação proposto é orientado pela resolução de problemas concretos das empresas, ou seja, constrói-se em função da resposta a necessidades de evolução das empresas por contraponto à tradicional lógica de organização da formação a partir da mobilização de conteúdos formativos mais ou menos catalogados, percorrendo as fases de Diagnóstico, Definição do Plano de Ação, Formação de Trabalhadores e Avaliação.

Projeto de formação ação que compreende a realização de formação em sala e a consultoria especializada nas empresas.

 

Se quer participar preencha a ficha de pré-adesão AQUI e envie para formacao@nerlei.pt

 

Mais informações: Dep. de Formação e Qualificação Profissional da NERLEI

 

 

 


ImprimirEnviar por Email